Hacker faz críticas pesadas ao Facebook e à privacidade na internet

Jacob Appelbaum tem experiência de sobra para criticar segurança na internet: além de ser ex-ativista a serviço do WikiLeaks, ele é um dos homens por trás do Tor, uma ferramenta que permite, entre outras coisas, acessar a deep web. Participando de um painel na conferência nacional Rio Rights Con, ele não poupou críticas a serviços bem conhecidos pelos brasileiros.

Sobre o Facebook, ele foi direto: a rede social é uma “empresa de vigilância”, que serve apenas para que pessoas espionem a vida de outras e façam denúncias sobre a atividade de outros contatos.

Já o Skype colocaria você e seus amigos em risco quando há chamadas de voz, já que há brechas no sistema que permitiriam o uso de backdoors — o rastreamento de pessoas que seria usado apenas pelo governo — mas que fica aberto também para pessoas mal intencionadas na rede.

Defesa pessoal

Appelbaum também precisou se justificar, afinal, seu projeto Tor é bastante usado para a prática de crimes e atividades ilegais. Segundo ele, o problema não está na divulgação de conteúdos proibidos, mas em quem os espalha pela internet, que acaba levando toda a culpa. “A causa da pornografia infantil não é a internet, são as pessoas que cometem esse crime”, disse o hacker, segundo a Folha de São Paulo.

2 pensamentos sobre “Hacker faz críticas pesadas ao Facebook e à privacidade na internet

Os comentários estão desativados.