Qual é a Origem dos Demônios ?

Qual é a origem dos demônios ?

Quando a terra foi criada, todos os anjos ainda estavam unidos (Jó 38.4-7). Observe que a expressão “filhos de Deus” e o termo “estrela”, também são usados na Bíblia referindo-se a anjos (Jó 1.6; Ap 12.4). Em Jó 38.4-7, nada é dito sobre divisão ou rebelião, todos os anjos rejubilavam juntos com a criação da terra.

Porém, esta união não continuou, aconteceu uma terrível divisão entre os anjos. O principal de todos os anjos pecou contra Deus, exatamente como traduziu a Nova Versão Internacional:

“Por meio do seu amplo comércio, você encheu-se de violência e pecou. Por isso eu o lancei, humilhado, para longe do monte de Deus, e o expulsei ó querubim guardião, do meio das pedras fulgurantes” (Ez 28.26).

Em Ezequiel 28.11-19, nós encontramos a descrição deste anjo. Esta profecia foi profetizada para o rei de Tiro. Mas o que foi dito é impossível de se aplicar ao líder humano de Tiro. Vejamos:

(1) Foi dito que ele era o modelo da perfeição (v.12).
(2) Foi dito que ele estava no Édem, Jardim de Deus (v.13).
(3) Foi dito que ele foi criado e não nascido (v.13,15).
(4) Foi dito que ele era um anjo (v.14).
(5) Foi dito que ele estava no monte santo de Deus (v.14,16).

Sendo assim, esta profecia refere-se a quem está influenciando o rei de Tiro, isto é, o anjo querubim que pecou contra Deus. A Bíblia identifica este anjo, de uma forma muito clara em Apocalipse 12.7-9:

“E houve guerra no céu: Miguel e seus anjos batalhavam contra o dragão. E o dragão e os seus anjos batalhavam, mas não prevaleceram, nem mais o seu lugar se achou nos céus. E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, que se chama diabo e Satanás, que engana a todo o mundo. Ele foi precipitado na terra, e os seus anjos foram lançados com ele”.

Diabo significa caluniador e Satanás significa adversário. Diabo e Satanás são os nomes desse anjo rebelde. O primeiro vem do grego “diabolos” que literalmente quer dizer “lançar um contra o outro”, isto é, “semeador de contendas ou calunias”. O segundo vem do hebraico “Satan” que além de “adversário” tem também o sentido de “acusador”. Antes de sua queda, esse anjo rebelde era conhecido como “estrela da manhã, filho da alva” (Is 14.12). Na versão vulgata é traduzido por “Lúcifer” que significa “portador de luz”. Além desses nomes, Satanás tem seus títulos e funções:

(1) O príncipe deste mundo (Jo 12.31; 14.30; 16.11).
(2) O deus deste século (2 Co 4.4).
(3) O príncipe das potestades do ar (Ef 2.2).
(4) A antiga serpente (Ap 12.9; 2 Co 11.3).
(5) O grande dragão (Ap 12.3,9).
(6) Enganador (Ap 12.9; 20.3).
(7) Acusador de nossos irmãos (Ap 12.10).
(8) Tentador (Mt 4.3; 1 Ts 3.5).
(9) O vosso adversário (1 Pe 5.8).
(10) Homicida (Jo 8.44).
(11) Mentiroso e Pai da mentira (Jo 8.44).
(12) Mal ou Maligno (Mt 6.13; Jo 17.15; Ef 6.16; 2 Ts 3.3).

O principal pecado que levou Satanás a sua queda, foi o orgulho (Ez 28.17; 1 Tm 3.6). Isaías 14.13-15 descreve o seu orgulho demonstrado em sua rebelião contra Deus. Cinco vezes Satanás disse em seu coração:

“Eu subirei…, (eu) exaltarei…, (eu) me assentarei…,
(eu) subirei…, (eu) serei…”.

Estas cinco afirmações mostram que Satanás tornou-se tão impressionado com sua própria beleza, brilho, inteligência, poder e posição, que ele começou a desejar para si a honra e a glória que pertencem somente a Deus. Ele não estava satisfeito em obedecer a Deus, pelo contrário, queria tornar-se o próprio Deus. Ele ignorou o fato de que ele era quem ele era só porque Deus o havia feito daquela forma. Em outras palavras, ele cedeu ao orgulho. Isso tudo é um retrato daquilo que o anticristo fará:

“Ninguém de maneira alguma vos engane, pois isto não acontecerá sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição. Ele se opõe e se levanta contra tudo o que se chama Deus ou é objeto de culto, de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus.” (2 Ts 2.3,4)

Como resultado de seu pecado, Satanás foi banido do céu (Is 14.12; Ap 12.7-9), e foi destinado ao abismo (Is 14.15; Ap 20.3). Quando Satanás pecou, ele não pecou sozinho, mas seduziu um bom número de anjos a servi-lo ao invés de Deus. A Bíblia diz que um terço dos anjos foram seduzidos por Satanás (Ap 12.4).

Há duas classes de anjos rebeldes: livres e presos. Quanto aos presos, estão presos no abismo (2 Pe 2.4; Jd 6; Ap 9.1-11). Os demônios expulsos do geraseno não queriam ir para lá (Lc 8.30,31). Quanto aos livres, são mencionados na Bíblia, como demônios ou espíritos imundos ou malignos. Os demônios não são espíritos de mortos, deuses, ou, seres de outros planetas, e sim, anjos que escolheram servir ao Diabo:

“Então dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos.” (Mt 25.41)

4 pensamentos sobre “Qual é a Origem dos Demônios ?

  1. Pingback: URL

Os comentários estão desativados.